terça-feira, 19 de janeiro de 2016

ATAXIA



Encontrei outra perdida hoje....escrevi um tempo atrás, num verso de página da vida....                                                                                 



 ATAXIA

Asas Azuis Tremulantes;
Estranho na Paisagem Mutante.

O Canto das Cigarras Agora é Mudo;
A Violência Perpassa o Escudo.

Em Cada Agente de Degradação;
Deveria Morar um Cidadão;
Qual Seria a Solução?
Nesse Modo em Que Tudo Tem Perdão?

Ouvimos Hoje o Grito de Quem Não Tem Voz;
Sem Pensar, Que Amanhã, Seremos Nós!

A Cidade é Cinza e Opaca;
O Outro é Quem Morre, o Homem é Quem Mata!
Mas a Morte do Outro Relata;
Que a Cada Dia Também Morre Quem Mata.

A Urgência é Clara, Como Era a Luz do Dia;
Que Hoje é Nuvem Densa Sem Luz Fugidia;
Transformando o Caminho em Ataxia. 

                                                                                        18/02/2013


segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Preciso

Preciso

Hoje eu preciso cantar 
pra lavar minha alma.

Hoje eu preciso amar
pra curar minha calma.

Hoje eu preciso pensar
pra achar minha casa.

Hoje eu preciso dormir
pra sair dessa mágoa.

Hoje eu preciso sonhar
pra encontrar minha deusa.

E por mais que eu tente encontrar a razão,
Meu pensamento flutua nessa imprecisão,
De saber que eu preciso achar solução,
Pra que essa pedra no peito volte a ser coração,
Pra que o humano me habite, quer queira, quer não. 

terça-feira, 20 de outubro de 2015

MENTE

Novo
Nova
Novamente
Nova mente
Não vá mentir
Pra mente
De novo
Que o novo
Sempre inova
E nunca mente
Só por ser diferente
Do que existia
Anteriormente,
Se atente!
Nem tudo o que é novo
É semente
Às vezes muda a cara
E no coração é tudo,
Extremamente,
Igualmente,
Indiferente!

Renan Junior 28/07/2015

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Movimento

As vezes ser não é o bastante, é preciso abstrair e procurar o que não existe. Responder as perguntas que ninguém fez. Achar respostas que amanhã já não contentarão mais, não ficar estático e se achar pronto.Ter a consciência de que o quase nada é o tudo que se é. Talvez essa seja a questão crucial, saber que o que parece ser o topo, não passa do primeiro degrau.
21/02/05
São nossos deveres enquanto futuros psicólogos, sermos éticos e engajados na busca de uma sociedade melhor, promovendo a saúde mental e o bem estar dos cidadãos do nosso país.
27/08/2001

Alma Gêmea

Cai a tarde;
Descem-me as lágrimas;
O sol se põe;
Me lembro do teu olhar;
Imagino onde está você;
A angústia invade o meu peito;
Choro por dentro e por fora;
Aonde está você agora??

Me desespero;
Me dá um nó na garganta;
Sinto o gosto do teu beijo;
Minha dor aumenta mais;
Percebo a solidão ao meu lado;
Por onde andará minha alma gêmea?

Melancolia,solidão,desespero;
Posso sentir o teu cheiro;
Sinto a brisa no rosto;
Recordo teus cabelos ao vento;
O que nos separou foi uma linha tênue;
A linha entre a vida e a morte;

Por algum tempo vai ser assim;
Me lembrarei de você a cada fim de tarde;
Mas ainda nos reencontraremos;
Por enquanto só tenho a saudade;
Mas dentro de mim se tornou verdade;
Que o nosso amor é para a eternidade!
24/08/2001

Use a imaginação

Abstraia,
Saia,
Tire os pés do chão,
Não caia,
Não perca a direção!
Rumo ao horizonte,
Rumo ao não,
Vá ao encontro do mais profundo,
Liberte sua imaginação!
Refletir sobre a humanidade?
Quem somos?
De onde viemos?
Para aonde vamos?
Quem sabe!? Até hoje, onde chegamos?
Olhe-se no espelho,
Considere a distorção,
Qual a sua verdade?
Quem é você afinal?
olhe aquela folha que caiu e o vento vai levando...
 É você?
Aquele pássaro lá bem alto voando...
É você?
Aquela lagarto alí rastejando...
É você?
Veja aquele cão bravio rosnado...
É você?
Talvez o carneiro pelo pasto passeando...
É você?
Ou aquela cobra, armando o bote e atacando...
Qual deles?
Qual a resposta da questão?
Todos!!
Sim e Não.
Hoje carneiro,
Amanhã cão,
Depois folha ao vento
ou quem sabe lagarta no chão,
Talvez a cobra, inimiga de Adão?
Sim e não.
Sim você é todos!
Eternamente algum?Não.
Neste ponto és o pássaro,
Que conforme o clima muda de direção,
No verão, ao Norte,
No inverno ao Sul!
Qual é a verdade?
Qual a revelação?
Você é metamorfose,
Homem em mutação,
Caminha todos os dias,
Na roda da evolução,
Tens a planta, o cimento e o pão,
Futuro na palma da mão!!
Conseguirás?
Não o sei, use a imaginação.
13/02/2002